CartaExpressa

Polícia de Goiás invade casa por engano em cumprimento de mandado de prisão; Superintendência investiga o caso

Caso aconteceu em Aparecida de Goiânia

Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

Agentes da Polícia Civil de Goiás invadiram uma casa por engano durante o cumprimento de um mandado de prisão em Aparecida de Goiânia, na última quinta-feira 11.

Imagens das câmeras de segurança da casa mostram os policiais tentando entrar no local, que fica no Parque Industrial Santo Antônio. As imagens mostram, também, que eles tentaram arrombar a fechadura do imóvel.

Uma das moradoras chegou a filmar a discussão com os policiais. No vídeo, um dos policiais envolvidos na operação aponta uma arma para o rosto da moradora.

Na gravação, ela pede aos policiais para dizerem o nome do alvo do mandado. Em seguida, ela diz: “Quem é? O mandado está na casa errada”.

Os moradores registraram Boletim de Ocorrência (BO) na tarde de ontem contra os policiais.

Em nota, a Polícia Civil de Goiás informou que os mandados de prisão e busca e apreensão “foram cumpridos dentro da legalidade, conforme deferimento de ordem judicial”. O comunicado, diz ainda, que “eventuais supostos abusos cometidos durante a operação já estão sendo investigados pela Superintendência de Correição e Disciplina” da corporação.

ENTENDA MAIS SOBRE: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar