CartaExpressa

‘O governo Bolsonaro deu sequência ao que fazíamos’, diz Temer

Em evento do mercado financeiro, o emedebista ainda declarou que ‘é preciso ter otimismo no nosso País’

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O ex-presidente Michel Temer (MDB) fez questão de se ligar ao governo de Jair Bolsonaro ao dizer, em vídeo divulgado nesta terça-feira 11, que a atual gestão “deu sequência ao que fazíamos”.

O emedebista, que chegou ao poder em 2016 após o golpe contra Dilma Rousseff (PT), participou do evento “Money Week”, organizado pela EQI Investimentos.

“Eu constato que, quando assumiu, o novo governo deu sequência ao que fazíamos. A Reforma da Previdência foi toda gestada e planejada no nosso governo e, quando assumiu o governo do presidente Bolsonaro, logo no 1º semestre o Congresso cuidou de aprovar”, afirmou Temer.

“Reconheço também que, em dado momento, zerou tudo”, prosseguiu. “Houve grandes dificuldades econômicas. Embora o governo tivesse dado sequência à redução dos juros, em face da pandemia e dos problemas econômicos do País, teve que retomar os juros, que hoje ultrapassam a faixa dos 7%. A inflação também cresceu.”

Temer ainda declarou que “é preciso ter otimismo no nosso País” e que “os candidatos [às eleições deste ano] não devem dividir o País, mas fariam muito bem se viessem a público e dissessem: ‘a minha candidatura é para somar'”.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!