CartaExpressa

Mais de 480 atos contra Bolsonaro acontecem neste sábado, no Brasil e no exterior

Mais de 480 atos contra Bolsonaro acontecem neste sábado, no Brasil e no exterior

Atos em 29 de maio reuniram milhares de manifestantes contra Bolsonaro. Foto: Allan White/Fotos Públicas

Atos em 29 de maio reuniram milhares de manifestantes contra Bolsonaro. Foto: Allan White/Fotos Públicas

Pelo menos 487 atos contra o presidente Jair Bolsonaro estão marcados para este sábado 24, segundo levantamento da Central de Mídia das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo. Até o momento, os organizadores preveem a participação de 470 cidades brasileiras e 17 países.

Além de reivindicar o impeachment de Bolsonaro, o movimento protesta contra a condução do enfrentamento à Covid-19, que já levou a 540 mil mortes no País, e o atraso na aquisição de vacinas. Os manifestantes cobram, também, políticas de proteção social, como o restabelecimento do auxílio emergencial de 600 reais e o fim da fome no País.

Os organizadores ainda repudiam as ameaças à democracia protagonizadas pelo presidente e por militares que compõem o governo.

As mobilizações de sábado compõem a quarta leva de protestos contra o governo, iniciados no mês de maio.

Além de cidades brasileiras, as manifestações também devem acontecer nos seguintes países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Canadá, Espanha, EUA, Finlândia, França, Holanda, Irlanda, Itália, México, Portugal, Inglaterra, República Tcheca, Suécia e Suíça.

 

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem