CartaExpressa

Lula oficializa a nomeação de André Fufuca e Silvio Costa Filho para ministérios

Márcio França deixa Portos e Aeroportos e assume o Ministério do Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa

Os novos ministros André Fufuca e Silvio Costa Filho. Fotos: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Apoie Siga-nos no

O presidente Lula (PT) nomeou formalmente nesta quarta-feira 13 os dois novos ministros de seu governo. As mudanças foram publicadas em edição extra do Diário Oficial da União. A posse também ocorreu nesta quarta, em cerimônia fechada no Palácio do Planalto.

Confira as alterações:

  • o deputado André Fufuca (PP-MA) assume o Ministério do Esporte, no lugar de Ana Moser;
  • o deputado Silvio Costa Filho (Republicanos-PE) é o novo ministro de Portos e Aeroportos, em substituição a Márcio França (PSB).

Em outra edição extra do DOU, Lula formalizou a medida provisória a criar o Ministério do Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa, chefiado por França. Até aqui, a área estava sob o guarda-chuva do Ministério de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, de Geraldo Alckmin (PSB).

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar