CartaExpressa

Lula chama Bolsonaro de mentiroso por insinuar fraude nas eleições

Lula chama Bolsonaro de mentiroso por insinuar fraude nas eleições

'Eu não conheço na história da humanidade, a não ser o Trump e o Bolsonaro, alguém que sente o prazer de mentir', afirmou

Lula chama Bolsonaro de mentiroso por insinuar fraude nas eleições

O ex-presidente Lula respondeu as acusações do presidente Jair Bolsonaro de que pode haver fraude nas eleições nacionais de 2022.

Em conversa com apoiadores nesta semana, Bolsonaro acusou alguns ministros do Supremo Tribunal Federal de articularem a volta do petista ao Palácio do Planalto.

Em entrevista ao grupo O Liberal, do Pará, Lula afirmou se tratar de mais uma inverdade proferida pelo presidente.

“Eu não conheço na história da humanidade, a não ser o Trump e o Bolsonaro, alguém que sente o prazer de mentir. Alguém que entre uma verdade e uma mentira, sempre prefere a mentira. E ele mente com a maior desfaçatez”, disse o ex-presidente.

Sem cravar que será candidato no ano que vem, o petista confirmou que participará de alguma forma do processo eleitoral.

“Eu vou jogar tudo o que posso para estabelecer a democracia e melhorar a vida dos pobres neste País. O Brasil era motivo de respeito e orgulho no mundo, era tratado como muita decência.  Como pode um País de 200 milhões de habitantes sendo tratado como um pária da sociedade? Temos um homem que não gosta de dizer a verdade. O Brasil não suporta e não precisa disso”, declarou.

Assista a entrevista:

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem