CartaExpressa,Política

Live de Bolsonaro para ‘provar fraude’ terá jornalistas — mas com transmissão obrigatória e sem perguntas

Live de Bolsonaro para ‘provar fraude’ terá jornalistas — mas com transmissão obrigatória e sem perguntas

As condições impostas foram anunciadas em comunicado oficial que convoca a imprensa para o credenciamento

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução

Desde a semana passada o presidente Jair Bolsonaro vem prometendo que irá provar em live as supostas ‘fraudes’ nas eleições de 2014. A promessa era que faria isso ao vivo nesta quinta-feira às 19 horas em uma transmissão ao vivo e com a presença da imprensa. Na prática, porém, não é bem o que deve acontecer.

Ao todo serão credenciados 25 jornalistas para acompanhar a ‘comprovação’, mas o acesso é garantido apenas aos “veículos de comunicação que irão transmitir, AO VIVO, o evento”, segundo o comunicado encaminhado à imprensa.

Outra condição imposta pela organização é de que os jornalistas presentes não façam perguntas ao presidente. A convocação informa que “o evento será expositivo e não haverá espaço para perguntas”.

A transmissão será feita pelas redes sociais oficiais de Jair Bolsonaro e deve contar com a presença de um ‘hacker do bem’, conforme prometeu o presidente na semana passada.

Além de ‘provar’ que Aécio Neves (PSDB) ganhou o segundo turno em 2014 contra Dilma Rousseff (PT), Bolsonaro garante que irá mostrar que venceu o pleito de 2018 ainda no primeiro turno.

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Post Tags
Compartilhar postagem