CartaExpressa,Política

Líder do governo na Câmara culpa a Anvisa pelo atraso na vacinação

Líder do governo na Câmara culpa a Anvisa pelo atraso na vacinação

Jair Bolsonaro e Ricardo Barros. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Jair Bolsonaro e Ricardo Barros. Foto: Reprodução/Redes Sociais

O líder do governo de Jair Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), criticou a Anvisa nesta quinta-feira 29 pelo “atraso” na execução do plano de imunização contra a Covid-19.

 

 

“Ainda com poucas vacinas autorizadas pela Anvisa, e portanto atrasando o nosso cronograma de vacinação, mas o governo fez os contratos, assinou os contratos e tem as 560 milhões de doses de vacinas contratadas”, disse o parlamentar.

Segundo Barros, “a programação de entrega de vacinas não pode ser cumprida porque não houve a possibilidade da liberação da Anvisa nem da Covaxin, nem da Sputnik, nem de outras vacinas que estão lá pedindo o uso emergencial”.

Também nesta quinta, a fabricante da vacina russa Sputnik V anunciou a abertura de um processo contra a Agência Nacional de Vigilância Sanitária por difamação. A Anvisa reprovou na segunda-feira 26 os pedidos de importação do imunizante russo por estados.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem