CartaExpressa

Justiça aceita nova denúncia contra adolescente que matou professora em SP

Na nova peça, a Promotoria analisou possíveis atos infracionais análogos aos crimes de ameaça e extorsão

Créditos: Reprodução
Apoie Siga-nos no

A Justiça de São Paulo aceitou uma nova denúncia apresentada pelo Ministério Público em Taboão da Serra contra o adolescente de 13 anos autor do ataque à Escola Estadual Thomazia Montoro, na zona oeste da cidade de São Paulo. Ele matou uma professora e feriu outras cinco pessoas.

Na denúncia, a Promotoria analisou possíveis atos infracionais análogos aos crimes de ameaça e extorsão cometidos pelo jovem um mês antes do ataque. A vítima seria um aluno da Escola Estadual Prof. Roberto José Pacheco. Os promotores tiveram acesso a uma troca de mensagens em que o autor do atentado teria escrito ao colega: “Vou matar você e sua mãe”. Logo depois, teria afirmado: “Se você quiser me pagar mais do que ele me deu, te deixo vivo”.

Trata-se da segunda denúncia formalizada pelo Ministério Público. A primeira recomendou a internação preventiva do adolescente, que já está em uma unidade provisória da Fundação Casa. Na primeira peça, o MP apontou atos infracionais análogos aos crimes de injúria racial, agressão, homicídio qualificado consumado e três tentativas de homicídio.

Em 4 de abril, o jovem deve participar de uma audiência de apresentação, acompanhado de seus representantes legais, para definir a continuidade ou não da internação provisória, que tem prazo máximo de 45 dias. Ao final do processo, a Justiça pode decidir por sua internação definitiva, com prazo de até três anos.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar