CartaExpressa

Gleisi: ‘Lula não incentivou qualquer desfiliação do PCdoB’

A CartaCapital, a presidenta do PT diz que Lula ‘tem sido o maior incentivador’ de uma ‘federação de partidos’

Flávio Dino e Lula. Fotos: Divulgação/Governo do Maranhão e Miguel Schincariol/AFP
Flávio Dino e Lula. Fotos: Divulgação/Governo do Maranhão e Miguel Schincariol/AFP
Apoie Siga-nos no

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, negou nesta sexta-feira 18 que o ex-presidente Lula tenha interferido na decisão tomada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino, de trocar o PCdoB pelo PSB.

Como revelou CartaCapital, o movimento de Dino não foi bem receido por setores do PCdoB, que atribuem a Lula a mudança. No partido, há quem mencione “falta de solidariedade” por parte do petista.

“O presidente Lula tem sido o maior incentivador da bancada do PT para aprovar a Federação de Partidos, o que ajudará muito o PCdoB. Estamos empenhados para que a Câmara vote o projeto”, disse Gleisi em contato com CartaCapital.

Gleisi se refere ao Projeto de Lei 2522/15, que permite que dois ou mais partidos se reúnam em uma federação e, após registro no Tribunal Superior Eleitoral, atuem como se fossem uma única sigla. Antes de ir a plenário, a proposta tem de ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, sob a relatoria do deputado Luis Tibé (Avante-MG).

“Lula não incentivou e nunca incentivaria qualquer desfiliação do PCdoB, tem enorme respeito pelo histórico do partido, assim como todos nós. Não interessa à esquerda brasileira o enfraquecimento ou desaparecimento de qualquer legenda partidária do campo”, completou a presidenta do PT.

Leonardo Miazzo

Leonardo Miazzo Editor do site de CartaCapital. Twitter: @leomiazzo

Tags: , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.