CartaExpressa

Fux derruba habeas corpus que impedia a prisão de condenados no caso da boate Kiss

Com a decisão, o dono da boate, o sócio do local, o vocalista da banda e o assistente de palco podem ser presos

Kiko Spohr, Mauro Hoffmann, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão durante o júri da boate Kiss. Créditos: Reprodução/TJ-RS Kiko Spohr, Mauro Hoffmann, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão durante o júri da boate Kiss. Créditos: Reprodução/TJ-RS
Kiko Spohr, Mauro Hoffmann, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão durante o júri da boate Kiss. Créditos: Reprodução/TJ-RS Kiko Spohr, Mauro Hoffmann, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão durante o júri da boate Kiss. Créditos: Reprodução/TJ-RS
Apoie Siga-nos no

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, derrubou nesta terça-feira 14 um habeas corpus preventivo que impedia a prisão dos quatro réus condenados no caso do incêndio na boate Kiss, em 2013, na cidade de Santa Maria (RS).

O ministro acolheu um pedido do Ministério Público do Rio Grande do Sul, que questionou a decisão do Tribunal de Justiça do estado de conceder o HC para barrar as prisões.

O desembargador Manuel José Martinez Lucas, da 1ª câmara Criminal do TJ-RS, havia suspendido a execução das penas e concedido o direito de os condenados recorrerem em liberdade.

Com a decisão de Fux, Elissandro Spohr, o dono da Boate Kiss, Mauro Hoffman, outro sócio da boate, Marcelo de Jesus dos Santos, o vocalista da banda, e Luciano Bonilha, o assistente de palco, podem ser presos.

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.