CartaExpressa,Política

Exército concede medalha a Guedes por Reforma da Previdência dos militares

Exército concede medalha a Guedes por Reforma da Previdência dos militares

O ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: EDU ANDRADE/Ascom/ME

O ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: EDU ANDRADE/Ascom/ME

O ministro da Economia, Paulo Guedes, foi condecorado pelo Exército nesta quarta-feira 25 com a Medalha do Pacificador, um agradecimento pela aprovação do projeto de reestruturação de carreiras dos militares.

A medalha é concedida desde 1955, quando “transformou-se em honraria a ser conferida a militares e civis, brasileiros ou estrangeiros, que tivessem prestado assinalados serviços ao Exército, elevando o prestígio da Instituição ou desenvolvendo as relações de amizade entre o Exército Brasileiro e os de outras nações”. As informações são do portal UOL.

A reestruturação da carreira militar foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em dezembro de 2019 e trouxe vantagens aos militares na comparação com funcionários públicos e da iniciativa privada após uma Reforma da Previdência.

A reforma dos militares estabelece o recebimento de salário integral após a aposentadoria, não prevê idade mínima obrigatória e define uma contribuição de 10,5% (na iniciativa privada se paga entre 7,5% e 11,68% ao INSS).

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, também recebeu a Medalha do Pacificador nesta quarta. Os ministros de Minas e Energia, Bento Alburquerque, e da Saúde, Marcelo Queiroga, foram condecorados com a Medalha do Exército Brasileiro.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem