CartaExpressa

‘Eu já derrotava o Bolsonaro em 2018’, diz Ciro ao criticar alianças de Lula para 2022

‘Derrubar o Bolsonaro é pouco. Todos nós derrubaremos o Bolsonaro, é só ter um pouquinho de paciência’, alegou o pedetista

Foto: Reprodução/Rádio Bandeirantes
Foto: Reprodução/Rádio Bandeirantes
Apoie Siga-nos no

O pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, classificou de “conchavo gigantesco” a costura de alianças de Lula (PT), líder das pesquisas de intenção de voto para as eleições de outubro.

Ele mencionou especificamente o ex-tucano Geraldo Alckmin e o psolista Guilherme Boulos.

“O Lula faz um conchavo gigantesco. Em São Paulo, pretende juntar Alckmin e Boulos. É um grande conchavo para resolver fora do povo, sem debate, as eleições. O que tem em comum o que o Alckmin pensa e o que o Boulos pensa? Se você juntar gato e sapato no mesmo bolo, isso vai dar problema”, declarou Ciro em entrevista à Rádio Bandeirantes nesta segunda-feira 24.

“Derrubar o Bolsonaro é pouco. Todos nós derrubaremos o Bolsonaro, é só ter um pouquinho de paciência. Se botar eu… Já derrotava o Bolsonaro na eleição de 2018, mas o Lula preferiu mentir que era candidato e depois lançar o Haddad”, acrescentou.

Ciro lançou oficialmente sua pré-candidatura na última sexta-feira 21, no encerramento da Convenção Nacional do PDT, em Brasília. Ele tem o desafio de crescer nas pesquisas eleitorais. Levantamento PoderData divulgado na última quinta 20 mostra o pedetista com 3% das intenções de voto, em 4º lugar. À frente dele aparecem Lula (PT), com 42%; Jair Bolsonaro (PL), com 28%; e Sergio Moro (Podemos), com 8%;

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.