CartaExpressa

Estudante esfaqueia funcionária de escola na zona leste de São Paulo

Estudante esfaqueia funcionária de escola na zona leste de São Paulo

O caso foi registrado no 63º DP, que fica na Vila Jacuí, e o jovem encaminhado à Fundação Casa por tentativa de homicídio

Créditos: Reprodução

Créditos: Reprodução

Um estudante esfaqueou uma funcionária da escola estadual Maria de Lourdes Vieira, localizada na zona leste da cidade na tarde da terça-feira 23. A agente escolar, de 44 anos, que não teve o nome informado, foi atingida no braço e levada ao Hospital Tide Setúbal, onde segue internada.

Em nota, a secretaria de Educação lamentou o ocorrido e repudiou ‘qualquer forma de violência dentro e fora da escola’.

Segundo a pasta, a diretoria da unidade escolar prestou assistência imediata à agente escolar, que foi encaminhada ao hospital mais próximo, e está recebendo todo apoio.

“A diretoria da Escola Estadual Maria de Lourdes Vieira convocou os responsáveis pelo estudante envolvido e os acompanhou até a delegacia. A Seduc-SP ressalta que o fato ocorreu na porta, fora da escola e o objeto utilizado pertencia ao aluno. Por ser um ambiente onde não circulam alunos e professores, as aulas seguiram presencialmente”.

“A equipe gestora da escola e a Diretoria Regional de Ensino Leste 2 seguem à disposição da comunidade escolar para mais esclarecimentos”, completou a secretaria.

O caso foi registrado no 63º DP, que fica na Vila Jacuí, e o jovem encaminhado à Fundação Casa por tentativa de homicídio. A Secretaria de Segurança Pública não informou o que teria motivado o ataque.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem