CartaExpressa

Enterro de Olavo de Carvalho será em pequena cidade do interior dos EUA

A causa da morte do guru da extrema-direita ainda não foi esclarecida; Olavo dizia não acreditar na Covid, doença que pode ter o levado a óbito

Olavo de Carvalho em discurso via Youtube. Foto: Reprodução Olavo de Carvalho em discurso via Youtube. Foto: Reprodução
Olavo de Carvalho em discurso via Youtube. Foto: Reprodução Olavo de Carvalho em discurso via Youtube. Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O escritor de extrema-direita Olavo de Carvalho, morto nesta terça-feira 25 nos Estados Unidos, será enterrado às 17 horas (horário de Brasília) desta quarta-feira 26 em Petersburg, uma pequena cidade na Virgínia, interior dos Estados Unidos.

A cidade tem apenas 31 mil habitantes e fica próxima a Richmond, capital da Virgínia, onde ele morava e de onde ministrava seus cursos. A informação consta no obituário da empresa responsável pelo enterro. O texto não traz a causa da morte e tem apenas uma mensagem de agradecimento ao professor.

Olavo, que morreu aos 74 anos, estava infectado com Covid-19, mas a família próxima a ele nega que essa tenha sido a causa de sua morte. Um médico particular também ligado a Olavo corrobora e fala em insuficiência respiratória aguda causada por outras condições prévias de saúde.

A filha Heloísa de Carvalho, que rompeu relações com o pai, no entanto, afirma que o falecimento foi decorrência da doença, e que existe uma tentativa de não associar a morte de Olavo ao vírus, pois o ideólogo negava a existência do vírus e zombava das mortes causadas pela infecção.

O governo Jair Bolsonaro (PL) decretou luto oficial pela morte de Olavo de Carvalho. A postura foi duramente criticada, pois difere do tratamento dado a brasileiros ilustres falecidos durante o atual governo, bem como da postura do ex-capitão diante das mais de 620 mil mortes causadas pela pandemia no Brasil.

Antes de morrer, o escritor passou meses no Brasil internado em São Paulo. Ele deixou o hospital de forma repentina, assim que soube que poderia ser intimado pela Polícia Federal para prestar depoimento na investigação de atos antidemocráticos no País. Para sair ‘à francesa’, Olavo teria viajado de carro até o Paraguai de onde pegou um voo para se retornar aos Estados Unidos.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.