CartaExpressa

‘É insanidade manter uma candidatura com 1% dos votos’, diz Renan sobre Tebet

O senador defende que o MDB apoie o ex-presidente Lula já no primeiro turno

Foto: Roberto Castello/Flickr Simone Tebet
Foto: Roberto Castello/Flickr Simone Tebet
Apoie Siga-nos no

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) voltou a defender que o seu partido se alie ao ex-presidente Lula (PT) já no primeiro turno das eleições de outubro deste ano.

O parlamentar defende que a sua legenda não insista na candidatura de Simone Tebet para a Presidência. Junto com outros integrantes do partido, como o ex-senador Eunício Oliveira, Renan teme que o desempenho do MDB no pleito repita o que aconteceu em 2018.

“É uma insanidade você querer, num quadro de polarização desses, manter uma candidatura com 1% dos votos, repetindo o que aconteceu com a candidatura do (Henrique) Meirelles”, afirmou em entrevista à revista Veja, publicada na quarta-feira 4. “Repetir o que aconteceu com Meirelles deixa a gente, assim, meio reles”.

Na última pesquisa do instituto Paraná, Tebet aparece com menos de 1%.

Na conversa, o senador disse ainda que esta talvez seja “a mais importante eleição de toda a história do País” e, por isso, seria necessário se unir a Lula para derrotar o presidente Jair Bolsonaro (PL). “Esta eleição vai colocar de um lado o bem e do outro lado o mal. De um lado a luz, do outro a escuridão”.

Renan classificou o episódio do impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff como um assunto superado entre PT e MDB.

A posição do senador encontra eco em correligionários. A CartaCapital, Eunício Oliveira reforçou que a insistência do MDB em Tebet pode fazer o partido se tornar nanico.

Apesar da pressão, a direção nacional da legenda garante que a pré-candidatura à Presidência está mantida.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.