CartaExpressa

Desfile de tanques evidencia toda a fraqueza de Bolsonaro, afirma Aziz

Desfile de tanques evidencia toda a fraqueza de Bolsonaro, afirma Aziz

Presidente da CPI classifica evento como 'absurdo inaceitável'. 'Não é um teatro sem consequências, mas um ataque frontal à democracia'

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM). Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM). Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), afirmou nesta terça-feira 10 que o desfile de tanques em Brasília mostra “toda a fraqueza de um presidente acuado pelas investigações de corrupção”.

“O presidente cria uma encenação, uma coreografia, para mostrar que tem o controle das Forças Armadas e pode fazer o que quiser com o País. É um absurdo inaceitável. Não é um teatro sem consequências, mas um ataque frontal à democracia que precisa ser repudiado”, declarou o senador na abertura da CPI da Covid.

No discurso, o parlamentar disse ainda que o presidente Jair Bolsonaro, em pouco mais de dois anos de mandato, colocou o Brasil “nessa situação vexatória”, pois “degradou as instituições e rebaixou as Forças Armadas”.

Por fim, Aziz descartou a possibilidade de golpe.

Leia a nota completa.

Pronunciamento Senador Omar 10ago2021

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem