CartaExpressa

cadastre-se e leia

De Lula a Bolsonaro e Lira: como os brasileiros avaliam os líderes políticos, segundo pesquisa Atlas

O levantamento contou com uma amostra de 5.211 respondentes, entre 17 e 20 de novembro

Foto: Evaristo Sá/AFP
Apoie Siga-nos no

Um levantamento Atlas Intel publicado nesta terça-feira 21 mostra que o presidente Lula (PT) é o líder político com maior avaliação positiva no Brasil, chegando a 50%. 46% dizem ter uma imagem negativa dele e 4% não souberam responder.

A segunda colocada no ranking é a ministra do Planejamento, Simone Tebet (MDB). 49% a veem de forma positiva, ante 41% com uma imagem negativa e 10% que não souberam responder.

Completa o pódio o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB), cujos índices são, respectivamente, de 47%, 39% e 15%.

O levantamento Atlas Intel contou com uma amostra de 5.211 respondentes, via Recrutamento Digital Aleatório, entre 17 e 20 de novembro. A margem de erro é de um ponto percentual, considerando um nível de confiança de 95%.

Confira a íntegra do ranking:

Imagem: Reprodução/Atlas Intel

Leia essa matéria gratuitamente

Tenha acesso a conteúdos exclusivos, faça parte da newsletter gratuita de CartaCapital, salve suas matérias e artigos favoritos para ler quando quiser e leia esta matéria na integra. Cadastre-se!

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar