CartaExpressa

CPI deve convocar novos empresários e servidores; Veja a lista

Os requerimentos serão votados a partir da próxima terça-feira 29

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Apoie Siga-nos no

A CPI da Covid no Senado deve votar novos requerimentos para convocar uma série de funcionários do governo e empresários envolvidos nas suspeitas de corrupção na compra da vacina Covaxin.

Os requerimentos serão votados a partir da próxima terça-feira 29. A informação foi dada pelo presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), ao UOL.

Confira a lista de quem deve ser convocado:

  • Deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara e suposto operador do esquema de corrupção;
  • Regina Célia Silva Oliveira, servidora do Ministério da Saúde e fiscal do contrato com a Bharat Biotec;
  • Roberto Ferreira Dias, diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde. É ele quem assina o contrato de compra da vacina com a Precisa Medicamentos. Dias também é quem teria feito pressão no servidor para que assinasse a liberação de importação da Covaxin;
  • Rodrigo de Lima, servidor terceirizado do Ministério da Saúde que teria relatado à Luis Ricardo pedidos de propina envolvendo as vacinas;
  • Danilo Fiorini, ex-diretor financeiro da Precisa Medicamentos e da Global Gestão em Saúde, outra empresa investigada por contratos suspeitos com o Ministério da Saúde;
  • Wellyngton Ferreira Gonçalves, empresário sócio de Francisco Maximiano na Global Gestão em Saúde.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.