CartaExpressa,Política

Covas tem ‘sangramento residual no estômago’, diz boletim médico

Covas tem ‘sangramento residual no estômago’, diz boletim médico

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB). Foto: Governo do Estado de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB). Foto: Governo do Estado de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), apresentou um ‘discreto sangramento residual no estômago’, segundo boletim médico divulgado nesta quinta-feira 5 pelo Hospital Sírio Libanês.

Segundo a equipe médica, o prefeito foi submetido a um novo exame de endoscopia digestiva alta, na quarta-feira 5, que identificou o quadro. “Foi iniciado tratamento local com radioterapia para controle deste sangramento”, atesta o documento.

Ainda de acordo com os médicos, Covas tem quadro de saúde estável, mas não há previsão de alta. Na quarta-feira, o tucano foi transferido de uma unidade de terapia intensiva para um quarto de atenção semi-intensiva.

O prefeito segue sendo acompanhado por equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Prof. Dr. Raul Cutait e pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho.

 

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem