CartaExpressa

Corpo de miliciano Adriano da Nóbrega é exumado e passará por perícia

Justiça autorizou o procedimento para apurar novas informações sobre circunstâncias da morte de ex-PM, ocorrida em fevereiro de 2020

Corpo do ex-PM Adriano da Nóbrega passou por perícia no IML Afrânio Peixoto, no Rio (Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil)
Corpo do ex-PM Adriano da Nóbrega passou por perícia no IML Afrânio Peixoto, no Rio (Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil)
Apoie Siga-nos no

O corpo do miliciano Adriano da Nóbrega foi exumado na segunda-feira 12 e passará por novos exames periciais para saber as circunstâncias de sua morte, em fevereiro de 2020.

Segundo inquérito, ele teria atirado por sete vezes contra policiais militares antes de ser alvejado por dois tiros no momento em que tentavam capturá-lo em um sítio que pertence ao vereador Gilsinho da Dedé, do PSL, na cidade de Esplanada, na Bahia. O ex-policial foi alvo da operação que investigava esquema de rachadinha no gabinete de Flávio Bolsonaro. Ele estava foragido desde 2019.

O procedimento, requerido pelo Ministério Público, visa comparar os relatos dos policiais que participaram da ação com as trajetórias dos tiros que atingiram Nóbrega.

Apesar de duas perícias anteriores terem apontado não haver indícios de execução ou tortura, ainda restaram dúvidas quanto à distância do atirador.

Em 2020 a família Bolsonaro contestou as circunstâncias da morte do miliciano. Flávio Bolsonaro e o advogado da família, Frederick Wassef, chegaram a afirmar que Nóbrega havia sido executado pelo governo da Bahia.

O presidente Jair Bolsonaro cogitou uma perícia independente para saber o que havia ocorrido com Nóbrega.

Nóbrega, em 2005, chegou a ser condecorado pelo então deputado estadual Flávio Bolsonaro com a medalha Tiradentes, principal honraria do Legislativo fluminense.

O miliciano era suspeito de comandar um grupo criminoso que cometeu dezenas de homicídios, o Escritório do Crime. O ex-capitão foi expulso da PM por envolvimento com o jogo do bicho.

Marina Verenicz
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.