CartaExpressa

Cientistas fazem renúncia coletiva de medalha entregue por Bolsonaro

Medida foi tomada depois que o presidente reverteu a condecoração dada a médicos que mantêm posições científicas que não agradam ao governo

O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Evaristo Sá/AFP
O presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Evaristo Sá/AFP
Apoie Siga-nos no

Cientistas que foram condecorados com a medalha de Ordem Nacional do Mérito Científico pelo presidente Jair Bolsonaro fizeram uma renúncia coletiva à honraria depois que o ex-capitão excluiu da lista dois cientistas que, sabidamente, têm posições que incomodam o governo.

Mais de 20 cientistas assinaram uma carta em apoio à médica sanitarista Adele Benzaken, diretora do Instituto Leônidas & Maria Deane da Fundação Oswaldo Cruz, e ao médico Marcus Vinícius Guimarães de Lacerda, da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado.

“Enquanto cientistas, não compactuamos com a forma pela qual o negacionismo em geral, as perseguições a colegas cientistas e os recentes cortes nos orçamentos federais para a ciência e tecnologia têm sido utilizados como ferramentas para fazer retroceder os importantes progressos alcançados pela comunidade cientifica brasileira nas últimas décadas”, diz o documento.

Bolsonaro resolveu reverter, na sexta-feira 5, o reconhecimento dado aos profissionais dois dias antes. A condecoração foi tornada ‘sem efeito’ em um decreto que não apresentou justificativas.

Adele Benzaken era diretora do Departamento de HIV/Aids do Ministério da Saúde e foi demitida por Bolsonaro em 2019, na gestão de Luiz Henrique Mandetta. Em entrevista a CartaCapital à época, a médica havia apontado críticas ao governo federal em relação às iniciativas dedicadas à saúde pública.

Já Marcus Lacerda chegou a receber ofensas e ameaças por provar que a cloroquina não é eficaz contra a Covid-19, a partir de um estudo realizado em 2020. Conforme noticiou a própria Fiocruz, o médico precisou de escolta armada por semanas para se proteger dos ataques.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.