CartaExpressa

Canais bolsonaristas no Youtube receberam US$ 3 milhões do Google desde 2019

Canais bolsonaristas no Youtube receberam US$ 3 milhões do Google desde 2019

Valores são em decorrência da monetização das visualizações na plataforma

Foto: FABRICE COFFRINI / AFP

Foto: FABRICE COFFRINI / AFP

O Google enviou um relatório ao Tribunal Superior Eleitoral em que informa os valores repassados a canais bolsonaristas alvos da desmonetização determinada pelo ministro Luís Felipe Salomão. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

Desde 2019, as transferências da plataforma às páginas investigadas por disseminação de conteúdos falsos somaram 3 milhões de dólares. Esses valores correspondem a pagamentos por visualização do Youtube, plataforma pertencente ao Google. 

O relatório foi anexado à investigação de fake news e ataques às urnas eletrônicas nicas. 

Com a suspensão dos pagamentos da monetização dos vídeos, mais de 500 mil reais estão bloqueados. 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem