CartaExpressa,Política

Bolsonaro volta a mentir sobre urnas e diz que entregaria faixa a qualquer eleito, ‘mas no voto transparente’

Bolsonaro volta a mentir sobre urnas e diz que entregaria faixa a qualquer eleito, ‘mas no voto transparente’

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro voltou a mentir sobre as eleições no Brasil. Em contato com apoiadores no ‘cercadinho’ do Palácio da Alvorada na noite desta segunda-feira 26, disse ter reunido ‘fortíssimos indícios’ de fraude nas urnas eletrônicas, embora, mais uma vez, não tenha apresentado qualquer evidência.

A um apoiador que disse “nós [eleitores de Bolsonaro] não podemos entregar esse Brasil” à oposição, o presidente respondeu: “A gente entrega para qualquer um, mas no voto democrático, com transparência”.

Na sequência, Bolsonaro declarou que “os mesmos que tiraram Lula da cadeia e o tornaram elegíveis são os que vão contar os votos”.

A decisão que recuperou os direitos políticos de Lula foi confirmada pelo Supremo Tribunal Federal em abril. Por oito votos a três, a Corte referendou o despacho do ministro Edson Fachin que anulou todas as condenações de Lula na Lava Jato e declarou a incompetência da Justiça Federal em Curitiba nos processos contra o petista. O ex-presidente, desta forma, recuperou os seus direitos políticos.

Na ocasião, formaram maioria os ministros Edson Fachin, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Rosa Weber, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Luís Roberto Barroso.

Foram vencidos os ministros Kassio Nunes Marques, Marco Aurélio Mello e Luiz Fux.

 

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem