CartaExpressa,Mundo,Política

Bolsonaro não convence ninguém que não seja bolsonarista, diz cientista político

Bolsonaro não convence ninguém que não seja bolsonarista, diz cientista político

Para Rodrigo Prando, discurso do presidente na Assembleia da ONU foi mais do mesmo: 'não convence aqueles que não são da militância raiz'

Foto: POOL / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

Foto: POOL / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

O cientista político Rodrigo Prando afirmou nesta terça-feira 21, em entrevista ao Direto da Redação – boletim de notícias de CartaCapital no Youtube – , que o discurso do presidente Jair Bolsonaro, na abertura da 76ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, não convenceu ninguém além do público fiel do ex-capitão.

Na conversa, Prando ressaltou as imprecisões nas declarações e apontou que o presidente praticamente se incriminou ao defender o chamado tratamento precoce em um evento de repercussão mundial.

“O discurso do Bolsonaro foi mais do mesmo. Ele continua dentro desse universo de conjugação de fake news, pós-verdade e negacionismo. No fundo, o presidente sempre discursa para os que sempre concordam com ele”, disse o professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

“Ele não convence os atores internacionais e nem aqueles que não são da militância raiz”, acrescentou.

Na entrevista, Prando ainda destacou o favoritismo de Lula nas eleições presidenciais de 2022 e a possibilidade de um nome da terceira via ir ao segundo turno no lugar de Bolsonaro.

Assista na íntegra:

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Editor do site de CartaCapital. Twitter: Alisson_Matos

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem