CartaExpressa

Bolsonaristas caem em fake news sobre estado de sítio e se emocionam

Bolsonaristas caem em fake news sobre estado de sítio e se emocionam

'Estado de sítio' é um dos assuntos mais comentados no Twitter, com 31 mil tuítes mencionando o tema

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Circulam nas redes sociais vídeos de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro que acreditam que o ex-capitão decretou um estado de sítio no Brasil. A informação, no entanto, é falsa.

Em uma das gravações, divulgada pelo perfil Sleeping Giants Brasil, um bolsonarista chega a se emocionar com a fake news.

“Meus amigos e minhas amigas de todo o Brasil, desculpem pela emoção, mas a nossa luta, a nossa garra, valeu a pena. Ficamos sabendo agora que o presidente da República Jair Messias Bolsonaro resolveu agir e, a partir de agora, o Brasil está em estado de sítio”.

Em outro vídeo, postado às 6h28 de quarta-feira 8, manifestantes afirmam que teriam essa informação “em primeira mão”.

“Boa noite pessoal, estamos aqui direto de Brasília, com meu amigo lá de Lages, e conseguimos, fizemos parte, estado de sítio, vamos tirar os vagabundos de lá, conseguimos tirar os 11, fizemos nossa parte, viemos para Brasília, levantemos o cu da cadeira para Brasília fazer nossa parte, estamos aqui na concentração, participemos da história do Brasil, nós conseguimos gente, e trago essas notícias para vocês”, afirma um manifestante.

Na manhã desta quinta-feira 9, “estado de sítio” é um dos assuntos mais comentados no Twitter, com 31 mil tuítes mencionando o tema.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem