CartaExpressa

Aziz: ‘Quem vier depor achando que pode brincar terá o mesmo destino’

O presidente da CPI da Covid fez o ‘alerta’ após dar voz de prisão ao ex-diretor de Logística da Saúde Roberto Dias

O senador Omar Aziz (PSD-AM). Foto: Pedro França/Agência Senado
O senador Omar Aziz (PSD-AM). Foto: Pedro França/Agência Senado
Apoie Siga-nos no

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), se manifestou nas redes sociais após dar voz de prisão ao ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Dias. A decisão foi considerada ‘ilegal’ por senadores da base governista.

“Prender alguém não é uma decisão fácil. Mas não aceito que a CPI vire chacota. Temos mais de 527 mil mortos nesta pandemia. E gente fazendo negociata com vacina. A comissão busca fazer justiça pelo Brasil”, escreveu Aziz.

“Não vamos ouvir historinha de servidor que pediu propina. E quem vier depor achando que pode brincar terá o mesmo destino”, disse ainda o presidente da CPI.

Após a decisão de Aziz, Dias foi detido pela Polícia Legislativa.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.