CartaExpressa

Após escrever carta por Bolsonaro, Temer não vê riscos de nova escalada golpista

O ex-presidente, no entanto, não coloca a ‘mão no fogo’ por Bolsonaro: ‘Evidentemente não posso garantir o que vai acontecer’

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

Autor da nota divulgada por Jair Bolsonaro nesta quinta-feira 9, o ex-presidente da República Michel Temer (MDB) disse não ver riscos de uma nova escalada no discurso golpista do ex-capitão. A avaliação foi feita em entrevista ao jornal O Globo.

“Vi tanto entusiasmo nele, nas pessoas que se manifestaram e nas pessoas do governo, que eu não vejo risco [de nova tensão]”, avaliou o emedebista.

O ex-presidente, no entanto, não coloca a ‘mão no fogo’ por Bolsonaro: “Evidentemente não posso garantir o que vai acontecer”, acrescentou à análise.

Temer contou ainda novos detalhes dos bastidores que o levaram de volta a atuar no Planalto. Segundo relatou ao jornal, Bolsonaro ligou na quarta-feira 8 para pedir conselhos, após a repercussão negativa dos discursos. O ex-chefe do Planalto afirma, no entanto, que vinha desde segunda sendo pressionado por antigos aliados a intervir na crise criada pelo atual presidente e tentar apaziguar os ânimos.

“Muitas pessoas tinham me procurado dizendo que, como ex-presidente, uma voz moderada, tinha entrar nisso para ajudar a pacificar as coisas. E eu resolvi entrar”, contou.

Na quinta, o presidente enviou um avião para levar o antecessor a Brasília. Temer diz que já chegou com a nota praticamente pronta para ser assinada pelo ex-capitão, que só fez uma ou duas modificações.

Além de ter escrito a nota, novamente afirmou que intermediou uma conversa por telefone entre Alexandre de Moraes, seu indicado ao Supremo, e Bolsonaro.

O recuo no tom adotado na nota e a participação de Temer no atual governo não foi bem recebida por bolsonaristas.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.