CartaExpressa

Alessandro Vieira diz que Marcos Rogério ‘passa vergonha’ na CPI: ‘Tente novamente o acesso à OAB’

O senador da base bolsonarista tentou fazer advogada revelar os nomes de clientes

O senador governista Marcos Rogério (DEM-RO). Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
O senador governista Marcos Rogério (DEM-RO). Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) reagiu nesta terça-feira 28 à participação do senador Marcos Rogério (DEM-RO) no depoimento da advogada Bruna Morato, que representa médicos da Prevent Senior.

Rogério, membro da tropa de choque bolsonarista na comissão, tentou fazer com que a depoente revelasse os nomes dos médicos que participaram da elaboração de um dossiê com denúncias contra a operadora. O levantamento foi entregue à CPI e menciona, além da prescrição de remédios sem eficácia, a ocultação de óbitos por Covid-19.

“Todo esse teatro para tentar desvalorizar a mensageira, porque não consegue atacar a mensagem, só comove convertidos. Peço desculpas pela intervenção, mas só santo para ter paciência de ouvir despautério, equívoco jurídico”, disse Alessandro Vieira a Marcos Rogério.

“Vossa Excelência poderia tentar novamente o acesso à OAB, tornar-se advogado, demonstrar lá o conhecimento necessário para chegar aqui e confrontar a advogada”, prosseguiu. “Estou tentando lhe ajudar a passar menos vergonha”.

Rogério se disse vítima de desrespeito por parte de Vieira.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!