CartaExpressa,Política

Alessandro Vieira diz que Marcos Rogério ‘passa vergonha’ na CPI: ‘Tente novamente o acesso à OAB’

Alessandro Vieira diz que Marcos Rogério ‘passa vergonha’ na CPI: ‘Tente novamente o acesso à OAB’

O senador governista Marcos Rogério (DEM-RO). Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador governista Marcos Rogério (DEM-RO). Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) reagiu nesta terça-feira 28 à participação do senador Marcos Rogério (DEM-RO) no depoimento da advogada Bruna Morato, que representa médicos da Prevent Senior.

Rogério, membro da tropa de choque bolsonarista na comissão, tentou fazer com que a depoente revelasse os nomes dos médicos que participaram da elaboração de um dossiê com denúncias contra a operadora. O levantamento foi entregue à CPI e menciona, além da prescrição de remédios sem eficácia, a ocultação de óbitos por Covid-19.

“Todo esse teatro para tentar desvalorizar a mensageira, porque não consegue atacar a mensagem, só comove convertidos. Peço desculpas pela intervenção, mas só santo para ter paciência de ouvir despautério, equívoco jurídico”, disse Alessandro Vieira a Marcos Rogério.

“Vossa Excelência poderia tentar novamente o acesso à OAB, tornar-se advogado, demonstrar lá o conhecimento necessário para chegar aqui e confrontar a advogada”, prosseguiu. “Estou tentando lhe ajudar a passar menos vergonha”.

Rogério se disse vítima de desrespeito por parte de Vieira.

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem