CartaCapital

assine e leia

Milícia lavajatista

Mensagens inéditas mostram que a força-tarefa de Curitiba também conspirou contra Ciro Gomes

Imagem: Mateus Bonomi/Agif/AFP
Imagem: Mateus Bonomi/Agif/AFP
Apoie Siga-nos no

Trechos inéditos das conversas entre procuradores da Lava Jato mostram que abusos sistemáticos para punir críticos e adversários políticos não se restringiam a Lula e ao PT. Este novo material, parte do arquivo entregue a Glenn Greenwald em junho de 2019, oferece outras pistas sobre o ­modus operandi da força-tarefa e joga luz sobre a motivação por trás de uma recente operação que teve como alvo dois detratores de longa data da Lava Jato: Ciro Gomes e seu irmão, o senador Cid Gomes.

Os chats mostram integrantes da força-tarefa de Curitiba planejando formas de explorar seus poderes investigativos para obter e vazar para a mídia informações que constrangessem seus desafetos. Além dos irmãos Gomes, também é mencionado nas conversas Rodrigo Maia, então presidente da Câmara dos Deputados, cujo “crime” foi se opor a partes do pacote anticrime e da agenda do então ministro Sergio Moro.

Glenn Greenwald

Glenn Greenwald
Colunista de 'CartaCapital'. É advogado criminalista e jornalista. Vencedor do Prêmio Pulitzer pela série de reportagens que expuseram a espionagem global dos EUA via National Security Agency. Também revelou a troca de mensagens conhecida como “Vaza Jato”.

Victor Pougy

Victor Pougy
Jornalista e produtor multimídia no Rio de Janeiro.

Tags: , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.