Sociedade

Racismo

TV Record demite apresentador que chamou Ludmilla de "macaca"

por Redação — publicado 18/01/2017 13h20, última modificação 18/01/2017 15h40
Cantora diz que tomará providências legais contra "desrespeito absurdo e vergonhoso". Mais cedo, emissora defendeu apresentador no Twitter
Reprodução/Facebook
Ludmilla

"Discriminação racial é crime", escreveu Ludmilla em seu Facebook

A TV Record decidiu demitir o apresentador Marcão do Povo, que comandava o programa Balanço Geral DF, da TV Record Brasília. Na edição do último dia 9, ele se referiu à cantora Ludmilla como “macaca”.

"É uma coisa que não dá para entender. Era pobre e macaca. Pobre, mas pobre mesmo”, disse o apresentador, também conhecido como Marcão Chumbo Grosso, enquanto comentava uma notícia sobre Ludmilla ter evitado fotos com fãs.

“Eu sempre falo... eu era pobre e macaco também", continuou, tentando consertar a ofensa.

O caso ganhou repercussão nesta terça-feira 17. Por meio de sua página no Facebook, Ludmilla afirmou que "trata-se um desrespeito absurdo e vergonhoso”.

“Infelizmente, ainda existem pessoas que não compreendem que a discriminação racial é crime e alguns ainda usam o espaço na mídia para noticiar mentiras a meu respeito, ofender, menosprezar e propagar todo o seu ódio. Não deixaremos impune tais atos, trata se de um desrespeito absurdo, vergonhoso”, escreveu.

“Isso tem que ser combatido e farei a minha parte, quantas vezes for necessário”, continuou Ludmilla. À imprensa, a assessoria da cantora informou que "tomará todas as medidas legais cabíveis”.

A hashtag #ProcessaLudmilla alcançou os trending topics do Twitter no Brasil nesta quarta-feira 18. Diante da repercussão negativa do caso, a Record demitiu o apresentador.

"A Record TV vem a público lamentar os transtornos causados à cantora Ludmilla, sua família e seus fãs motivados por um comentário feito pelo apresentador Marcão no Balanço Geral DF. A emissora repudia qualquer ato dessa natureza e afirma que este tipo de conduta não está na linha editorial de nosso Jornalismo. Por este motivo, a Record TV Brasília optou por rescindir o contrato do apresentador Marcão", informou a emissora, em nota enviada à imprensa.

Mais cedo, porém, a Record defendeu o apresentador por meio da conta Balanço Geral DF no Twitter – que foi deletada por volta das 12h30 desta quarta-feira.

“Referente ao caso que está sendo divulgado nas redes sociais e em alguns veículos, a RecordTV Brasília e o Balanço Geral informam que não apoiam quaisquer tipo de preconceito, independente de qual seja”, manifestou-se a emissora.

“Temos a plena certeza de que o apresentador @MarcaoTV apenas utilizou uma expressão regional para se manifestar, sem o intuito de ofender a cantora Ludmilla ou qualquer outra pessoa.”

 Twitter

Em um último post, a Record afirmou que o apresentador quis dizer “macaco-velho”.

Macaco-velho

registrado em: Racismo