Blogs

Eleições: Projeto enviará aos candidatos sugestões da população sobre a saúde

A ação é fruto do ‘Voto Pela Saúde’; a petição reúne mais de 16 mil assinaturas para que os candidatos recebam e considerem o documento

O documento geral será encaminhado até agosto. Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE
O documento geral será encaminhado até agosto. Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE
Apoie Siga-nos no

Nas próximas eleições, cidadãos do País inteiro poderão ter a oportunidade de ver suas demandas para a saúde contempladas nos planos de governo dos candidatos. A ideia é fruto de um projeto chamado “Voto Pela Saúde”, que abriu um formulário na internet para reunir sugestões da população. O documento será sintetizado e entregue aos candidatos – um abaixo-assinado tenta sensibilizá-los e convencê-los a considerar as propostas em seus programas. 

O projeto foi idealizado pela Colabore com o Futuro, uma empresa social de advocacy. Segundo a Colabore, a proposta é fazer uma construção colaborativa que permita aos cidadãos participar mais ativamente da elaboração das políticas públicas. Por meio do “Voto Pela Saúde”, os candidatos poderão saber o que o povo entende como prioritário para a área e, então, direcionar o trabalho dos próximos quatro anos.

“Pretendemos desenvolver uma experiência inovadora para estimular uma participação mais ativa na construção da política em nosso País”, conta a cofundadora da Colabore com o Futuro Carolina Cohen. “Também queremos mostrar aos políticos que conhecemos os processos e que os cidadãos estão atentos e de olho nas promessas de campanha.”

Para participar, o cidadão deve preencher um formulário indicando as necessidades que percebe em seu município, estado ou País. O documento geral será entregue aos partidos e candidatos até agosto. O questionário contempla aspectos como estrutura do sistema de saúde, gestão e financiamento, fluxos de acesso, ciência e tecnologia, redes de atenção à saúde e outras etapas do processo que englobam o atendimento à população nesta área.

O foco principal da entrega do documento está nos postulantes ao Poder Executivo – Presidência da República e governos dos estados -, que são os que precisam apresentar planos de governo para ter a candidatura habilitada pelo Tribunal Superior Eleitoral. Apesar disso, os partidos daqueles que disputarão vagas ao Legislativo – deputados estaduais e federais e senadores – também serão sensibilizados pelo projeto. 

Abaixo-assinado pressiona candidatos 

Para que os candidatos aceitem receber e considerar as sugestões apresentadas no projeto, a Colabore com o Futuro criou um abaixo-assinado. Hospedada na plataforma Change.org, a petição online já recebeu mais de 16 mil assinaturas e segue ativa.

“Faça parte da transformação. Chegou a hora de participarmos de forma mais ativa da construção do nosso País! Assine a petição e mostre aos candidatos que eles precisam considerar em seus planos de governo o que a população brasileira precisa de verdade na área da saúde”, diz o abaixo-assinado, que segue reunindo apoiadores. “Precisamos garantir que nossa voz seja ouvida pelos candidatos às eleições de 2022.”

Além de sugestões enviadas pela população sobre suas necessidades em saúde, temas de abaixo-assinados ligados à área que também estão hospedados na Change.org serão contemplados no documento final. Um levantamento exclusivo feito pela plataforma mostra que, sob o atual governo – de 2019 até agora -, as 100 maiores petições criadas pelos brasileiros sobre a saúde reuniram mais de 13 milhões de assinaturas.

Segundo a diretora-executiva da Change.org, a quantidade de pessoas engajadas nessa pauta mostra como a área é uma constante preocupação do povo. “A participação da Change.org neste importante projeto da Colabore possibilitará aos candidatos conhecerem a fundo as principais demandas da sociedade, em todas as regiões do País, para a área da saúde”, diz Monica Souza. “Será uma grande oportunidade para candidatos e eleitores se conectarem.”

Do top 100 de abaixo-assinados, os que mais mobilizaram as pessoas tratam de temas relacionados à liberação de medicamentos pelo Sistema Único de Saúde, seguidos de demandas por vacinas, busca por tratamentos, sobre aborto, câncer, hospitais, entre outros.   

A cofundadora da Colabore com o Futuro Carolina Cohen acredita que a atuação da plataforma de petições impulsiona a visibilidade do projeto para as eleições, já que a ferramenta ajuda a colocar a visão do cidadão na perspectiva dos tomadores de decisão. 

Em 2020, três candidatos que disputavam eleição para Prefeituras – dois de São Paulo e um de Salvador – responderam a abaixo-assinados abertos por cidadãos na Change.org, apresentando propostas para as áreas de saúde e educação. 

Voz amplificada

Para participar do projeto “Vote pela Saúde”, é necessário acessar o endereço www.votopelasaude.com  e preencher o formulário, deixando sua opinião sobre o que deve ser trabalhado pelos tomadores de decisão nos próximos quatro anos.

O abaixo-assinado que visa pressionar os candidatos a receber e considerar o documento em seus planos de governo segue aberto. Veja: http://change.org/VotoPelaSaude

Change.org

Change.org
É a maior plataforma de petições online do Brasil e do mundo. São 329 milhões de pessoas assinando e criando abaixo-assinados em 196 países e 26 milhões somente no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.