Augusto Diniz | Música brasileira

Jornalista há 25 anos, Augusto Diniz foi produtor musical e escreve sobre música desde 2014.

Augusto Diniz | Música brasileira

Yamandu Costa: ‘A gente espera que o País continue democrático’

Um dos maiores violonistas do mundo conta que sente ‘vergonha’ quando vê o noticiário sobre o atual governo brasileiro

Foto: Rodrigo Lopes/Divulgação
Foto: Rodrigo Lopes/Divulgação
Apoie Siga-nos no

Yamandu Costa já lançou o seu primeiro álbum do ano. Trata-se de Simpatia, com arcodeonista Bebê Kramer. Os dois têm formação semelhante e, quando viviam no Rio Grande do Sul, costumavam se encontrar nas festas populares pelo estado. “É uma amizade de longos anos”, diz Yamandu sobre o companheiro de longa data. 

O violonista costuma lançar quatro a cinco registros fonográficos ao longo do ano. Para 2022, Yamandu planeja lançar ao menos mais três: um de jazz manuche com grupo paranaense; um “muito sentimental” com sua mãe e cantora Clary Costa e outro com a violonista e companheira Elodie Bouny.

Yamandu, que foi muito influenciado pelo choro, é um grande executor do gênero e lamenta o fato de muitos não reconhecerem como essencial para a formação da música brasileira.

Morando em Lisboa desde um pouco antes do início da pandemia, o violonista volta a tocar no Brasil em maio, despois de uma longa ausência, em uma turnê no Rio Grande do Sul.

No final de junho, retorna a seu país para novos shows e em julho estreia peça inédita que compôs com o maestro Sérgio Assad, com apresentação no Teatro Municipal de São Paulo.

Sobre o Brasil, diz que espera que o País continue sendo democrático. “A vergonha que a gente passa aqui fora com esse governo atual, chega a dar pena”, afirma Yamandu, que faz frequentes viagens para diversos países – atualmente, está turnê pelos Estados Unidos com 15 apresentações agendadas até maio. 

Assista a entrevista na íntegra: 

Augusto Diniz

Augusto Diniz
Jornalista há 25 anos, com passagem em diversas editorias. Foi produtor musical e escreve sobre música desde 2014.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.