Bolsonaro determina criação de Conselho da Amazônia e Força Nacional Ambiental

Vice-presidente Hamilton Mourão foi o escolhido por Bolsonaro para coordenar o novo Conselho da Amazônia

O vice-presidente Hamilton Mourão e o presidente Jair Bolsonaro (Foto: Valter Campanato/EBC)

O vice-presidente Hamilton Mourão e o presidente Jair Bolsonaro (Foto: Valter Campanato/EBC)

Sustentabilidade

O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta terça-feira 21 a criação do Conselho da Amazônia, a ser coordenado pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão. Em publicação no Twitter, Bolsonaro explicou que será utilizada a própria estrutura da Vice-Presidência. O objetivo do conselho será coordenar as diversas ações em cada ministério voltadas para a proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia.

“Dentre outras medidas determinadas está também a criação de uma Força Nacional Ambiental, à semelhança da Força Nacional de Segurança Pública, voltada à proteção do meio ambiente da Amazônia”, escreveu o presidente. Bolsonaro esteve reunido, durante toda a manhã desta terça-feira, com sua equipe de ministros no Palácio da Alvorada. O vice-presidente Hamilton Mourão também participou do encontro.

Depois do anúncio oficial de Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão também foi ao Twitter e agradeceu a oportunidade de ocupar a função. “A Selva nos une e a Amazônia nos pertence”, escreveu o militar, que já morou alguns anos na região, quando liderava a 2ª Brigada de Infantaria de Selva em São Gabriel da Cachoeira (Amazonas).

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Agência de notícias brasileira, pública e de acesso livre, gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Compartilhar postagem