Sociedade

Silvio Santos faz saudação nazista e é repudiado por Federação Israelita

O apresentador falou ‘Heil, Hitler’ em seu programa no último domingo

Apresentador Silvio Santos. 
Foto: SBT
Apresentador Silvio Santos. Foto: SBT

O apresentador Silvio Santos se envolveu em mais uma polemica. Dessa vez, o proprietário do SBT fez uma saudação nazista em seu programa, que foi ao ar no último domingo 3. Em uma brincadeira de perguntas e respostas, Silvio questionou a plateia como era o nome do pai de Hitler. Enquanto as pessoas tentavam adivinhar, ele soltou um “Heil Hitler”, que significa “Salve, Hitler”, saudação utilizada na época para enaltecer o líder nazista.

A brincadeira do apresentador foi motivo de críticas de internautas, que classificaram a afirmação de Silvo como “irresponsável. Eles lembraram que o apresentador também é judeu. A Federação Israelita do Estado de São Paulo se manifestou sobre o caso. Ricardo Berkiensztat, presidente executivo, classificou a brincadeira como inapropriada.

“Tenho certeza que ele não fez isso com a intenção de macular a questão de nazismo ou como manifestação de ódio, porém, foi uma brincadeira totalmente inapropriada e um tema com o qual não se brinca, ainda mais Silvio Santos, que tem origem judaica”, disse.

Nem o SBT nem o apresentador se manifestaram sobre o caso.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!