Com homenagem a Marielle e aos heróis esquecidos, Mangueira é campeã

A Verde e Rosa ousou ao cantar e contar sobre os heróis negligenciados pelos livros da História do Brasil

Tomaz Silva/Agência Brasil

Tomaz Silva/Agência Brasil

Sociedade

Cantando e contando sobre os heróis negligenciados pelos livros de História do Brasil, a Estação Primeira de Mangueira é a grande campeã do carnaval carioca. O resultado do grupo especial do Rio de Janeiro foi divulgado no início da noite desta quarta-feira 6.

A Verde e Rosa ousou e fez a prometida homenagem à vereadora Marielle Franco, um dos momentos mais aguardados. Muitos levaram a placa “Rua Marielle Franco”, outras com “Mari Presente”, e também “Justiça por Marielle”.

Na arquibancada popular, mais manifestações, entre elas um bandeirão com o rosto da carioca, assassinada em 14 de março do ano passado. Na pista, as referências à vereadora apareceram na comissão de frente e na última ala. Ao longo da escola, que levou o Estandarte de Ouro de melhor escola do Grupo Especial, apareceram personagens como Luisa Mahin, Esperança Garcia e Chico da Matilde.

Leia também: Negra, feminina e indígena: Mangueira ousa ao contar a história

As escolas foram avaliadas nas categorias bateria, samba-enredo, harmonia, evolução, enredo, mestre-sala e porta-bandeira, alegorias e adereços, fantasias e comissão de frente. A Mangueira obteve a pontuação máxima em todos os quesitos. Viradouro (2º), Vila Isabel (3º), Salgueiro (4º) e Portela (5º) completam as cinco primeiras colocações do Carnaval do Rio. Imperatriz Leopoldinense e Império Serrano foram rebaixadas.

Leia também: Destaque do Carnaval vai para críticas aos governos

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem