Chico Buarque processa deputado bolsonarista por divulgação de fake news

Bibo Nunes, do PSL, afirmou que Chico e Caetano Veloso recebiam dinheiro para apoiar governos petistas

CANTOR E COMPOSITOR CHICO BUARQUE (FOTO: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/ARQUIVO/AGÊNCIA BRASIL)

CANTOR E COMPOSITOR CHICO BUARQUE (FOTO: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/ARQUIVO/AGÊNCIA BRASIL)

Sociedade

O cantor Chico Buarque entrou com um processo de danos morais contra o deputado bolsonarista Bibo Nunes (PSL-RS), que afirmou falsamente que o artista recebeu dinheiro público para apoiar governos petistas.

O deputado sugeriu, em debate ao vivo na GloboNews no dia 20 de maio, que Buarque e Caetano Veloso teriam apoiado os governos dos ex-presidentes Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff porque recebiam verba pública em troca.

“Antigamente, só se incentivava cultura com seus apaniguados. Se dava dinheiro pra um Chico Buarque da vida, Caetano Veloso, músicos já consagrados, artistas consagrados para apoiarem o governo”, afirmou o deputado.

Segundo reportagem da revista Fórum, que teve acesso ao conteúdo da ação, os advogados João Tancredo e Maria Isabel Tancredo afirmaram que a fala de Bibo Nunes é uma “mentira deslavada e criminosa, verdadeira calúnia” para a qual não caberia qualquer alegação de imunidade parlamentar.

Os advogados pedem uma indenização de R$ 40 mil e uma retratação em forma de vídeo divulgado nas redes sociais de Bibo Nunes.

“Um deputado federal, em transmissão televisiva de alcance nacional acusa de forma expressa e maliciosa Chico Buarque de receber dinheiro público em troca de apoio político. Esse é o nível a que o grave cenário de desinformação e discurso de ódio chegou no país”, diz um trecho da ação, que foi protocolada no dia 23 de maio no VI Juizado Especial Cível de São Paulo.

Ticiano Figueiredo, advogado que representa Caetano Veloso, também afirmou que o cantor irá processar o deputado por danos morais.

Nas redes sociais, o parlamentar chegou a republicar um trecho da fala proferida na entrevista e acrescentou: “Caetano e Chico querem me processar, porque a verdade dói. #FechadoComBolsonaro #RioGrandedoSul #SomosTodosBolsonaro”. 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem