Sociedade

Apesar de restrição, Rio de Janeiro tem praias cheias no domingo

Embora o banho de mar esteja liberado desde o sábado, banhistas não podem permanecer na areia

Créditos: EBC
Créditos: EBC

No primeiro domingo após o início da fase 5, o Rio de Janeiro teve praias lotadas, o que ainda não é permitido. Embora o banho de mar esteja liberado desde o sábado 1, continua proibida a permanência de banhistas na areia.

Não foi o que se viu pela praia de Copacabana, zona sul do Rio, que teve aglomeração de pessoas. Uma equipe da Globo News que transitou entre os postos 5 e 6 afirmou não ter visto fiscalização.

 

O cenário também foi visto na Praia Vermelha, na Urca, na Zona Sul, onde pessoas se reuniram na areia, com cadeiras, cangas e sem usar máscaras.

Segundo as regras previstas, ambulantes podem operar das 7h às 18h nas praias e logradouros, sem aluguel de cadeiras e barracas e sem bebida alcoólica. O banho de mar está liberado, desde que não haja permanência na areia. O uso de caixas térmicas está proibido.

O Estado do Rio de Janeiro acumula 167.213 casos confirmados e 13.556 mortes, segundo dados divulgados no sábado 1.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!