“A nova alteração da Lei Maria da Penha beneficiará, na prática, as mulheres?”, questiona advogada Flora Maria em artigo

Recai sobre o agressor a responsabilidade de ressarcir os custos relacionados aos serviços de saúde prestados pelo SUS às vítimas

Farmacêutica bioquímica, Maria da Penha foi baleada pelo ex-marido. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Farmacêutica bioquímica, Maria da Penha foi baleada pelo ex-marido. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Parceiros

A Lei nº 13.871 foi sancionada no dia 17 de setembro último, alterando a Lei nº 11.340/2006 – Lei Maria da Penha – para dispor sobre a responsabilidade do agressor pelo ressarcimento dos custos relacionados aos serviços de saúde prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) às vítimas de violência doméstica e familiar e aos […]

O post “A nova alteração da Lei Maria da Penha beneficiará, na prática, as mulheres?”, questiona advogada Flora Maria em artigo apareceu primeiro em Mídia 4P.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem