Hospital russo anuncia início de vacinação contra Covid-19

Aplicação tem início no hospital Domodedovo Central City, em Moscou

Foto: AFP

Foto: AFP

Saúde

Um hospital russo anunciou nesta segunda-feira 30 que iniciou na semana passada o processo de vacinação da população com a Sputnik V, imunizante contra a Covid-19 registrado em agosto no país. A notícia da aplicação foi divulgada pelo hospital Domodedovo Central City, em Moscou.

 

 

Na última terça-feira 24, o governo russo informou que a Sputnik V tem 95% de eficácia contra a Covid-19. Esses são resultados preliminares obtidos com voluntários 42 dias após a aplicação da primeira dose, segundo um comunicado conjunto com o centro Gamaleya, o Ministério russo da Saúde e o Fundo Soberano russo envolvido no desenvolvimento do imunizante.

Em agosto, a Rússia se tornou o primeiro país a registrar uma vacina contra o novo coronavírus. No Brasil, o governo russo tem acordo com o governo do Paraná para a produção da Sputnik V.

O hospital Domodedovo Central City informa em seu site que os cidadãos russos que desejem ser vacinados devem se registrar em uma página do governo e fornecer o resultado de um teste negativo de Covid-19.

A Rússia registrou nas últimas 24 horas 368 mortes provocadas pelo novo coronavírus, elevando o total de óbitos desde o início da pandemia a 39.895. Além disso, o país confirmou 26.338 novos diagnósticos positivos da doença nesta segunda-feira, sendo 6.511 deles em Moscou.

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Post Tags
Compartilhar postagem