São Paulo confirma 85 casos suspeitos do coronavírus

Estado de São Paulo também abriga o único caso confirmado de coronavírus na América Latina, um senhor de 61 anos

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Saúde

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo anunciou nesta quinta-feira 27, em entrevista coletiva, que monitora 85 casos suspeitos do coronavírus na região, entre elas duas pessoas que tiveram contato com o único caso confirmado da doença na América Latina, o de um senhor de 61 anos que voltou recentemente da Itália.

“Os casos suspeitos que nós estamos falando não foram adquiridos aqui dentro do estado de São Paulo ou no país, são pessoas que cumprem aquela definição de caso: febre, tosse, coriza nasal e que, nos últimos 14 dias, passaram pela China ou pelos outros países identificados”, explicou Helena Sato, diretora de Vigilância Sanitária do estado de São Paulo.

Sobre o caso do senhor de 61 anos, a Secretaria da Saúde paulista informou que seu estado clínico é estável e que estão sendo monitorados também outras 30 pessoas que tiveram contato com ele em um almoço de família e quatro passageiros que tiveram contato com ele no avião vindo da Itália.

Governo federal antecipa campanha de vacinação

Também presente na entrevista coletiva desta tarde, o ministro Luiz Henrique Mendetta (Saúde) confirmou que o governo federal vai antecipar o início da campanha nacional de vacinação contra a gripe comum para o dia 23 de março.

De acordo com o Mandetta, com a vacina da gripe, os pacientes que forem às unidades de saúde com sintomas gripais e informarem que tomaram a vacina facilitarão o diagnóstico do coronavírus, uma vez que as doenças atendidas pela vacina deixarão de ser consideradas.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem