Saúde

Onze capitais já cancelaram a festa de Reveillón devido à nova cepa do coronavírus

As prefeituras mencionam preocupação com a nova variante Ômicron, detectada na África do Sul

Festa de reveillon em Copacabana, no RJ. Foto: Agência Brasil.
Festa de reveillon em Copacabana, no RJ. Foto: Agência Brasil.

Pelo menos onze capitais não terão festa de Reveillón devido à pandemia da Covid-19: Campo Grande, Fortaleza, Macapá, Belo Horizonte, Salvador, São Luís, João Pessoa, Palmas, Curitiba, Teresina e Recife, segundo levantamento da CNN Brasil.

As prefeituras que decidiram pelo cancelamento citaram preocupação com a nova variante do coronavírus, Ômicron, detectada na África do Sul.

Um brasileiro, que esteve no país, foi detectado com a nova cepa. Ainda não se sabe o local de contaminação. O paciente se encontra em isolamento residencial. O Brasil ainda não apresenta casos confirmados da nova cepa.

Há capitais que anunciaram a manutenção da tradicional festa: Rio de Janeiro, Manaus, São Paulo, Porto Alegre, Maceió e Natal.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!