Saúde

OMS diz que coronavírus “nos acompanhará por muito tempo”

“Acho que declaramos emergência no momento oportuno”, analisou Tedros, acusado pelos EUA de excessiva benevolência com Pequim

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS - Foto: Fabrice COFFRINI/AFP
Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS - Foto: Fabrice COFFRINI/AFP
Apoie Siga-nos no

O mundo está longe de vencer o novo coronavírus, que já causou quase 180 mil mortes, alertou o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus.

“Não se enganem: ainda temos um longo caminho a percorrer. Esse vírus nos acompanhará por um longo tempo”, afirmou nesta quarta-feira 22, em entrevista virtual.

A OMS tomou as decisões corretas quando esse novo coronavírus surgiu na China, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus.

“Em retrospectiva, acho que declaramos a emergência no momento oportuno”, em 30 de janeiro, considerou o diretor-geral, acusado pelos Estados Unidos de excessiva benevolência em relação a Pequim.

O mundo “teve tempo suficiente para responder” a essa emergência de saúde, disse ele.

AFP

AFP
Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.