Novo coronavírus já causou 14,5 mil mortes no mundo

Foram registrados 340 mil casos de contágio em 171 países ou territórios

Foto: Sebastien Bozon/AFP

Foto: Sebastien Bozon/AFP

Mundo,Saúde

O novo coronavírus causou pelo menos 14.582 mortes em todo o mundo desde que apareceu em dezembro, segundo um balanço estabelecido pela AFP com base em fontes oficiais, neste domingo às 19H00 GMT (16H00 de Brasília).

Desde o início da epidemia, 340.843 casos de contágio foram registrados em 171 países ou territórios.

O número de casos positivos diagnosticados reflete apenas uma parte do número total de infecções devido às diferentes políticas de cada país para diagnosticar os doentes e ao fato de que alguns testam apenas as pessoas que precisam de hospitalização.

No dia anterior, às 19H00 GMT, foram 1.671 novas mortes e 32.869 contaminados em todo o mundo.

Os países com o maior número de óbitos em 24 horas foram Itália, com 651, Espanha, com 394, e Irã, com 129.

As mortes na Itália, que registrou sua primeira vítima fatal ligada ao vírus no final de fevereiro, atingem 5.476. O país contabilizou 59.138 infecções, e as autoridades italianas consideram que 7.024 pessoas foram curadas.

A China continental (sem contar Hong Kong e Macau), onde a epidemia surgiu no final de dezembro, tem um total de 81.054 pessoas infectadas, das quais 3.261 faleceram e 72.244 foram completamente curadas. Nas últimas 24 horas, foram registrados 46 novos casos e 6 óbitos.

Depois da Itália e da China, os países mais afetados são Espanha com 1.756 falecimentos e 28.603 casos, Irã com 1.685 mortes (21.638 casos), França com 674 mortes (16.018 casos) e Estados Unidos com 400 mortes (38.757).

A partir des sábado, às 19:00 GMT, Romênia, Kosovo, Colômbia, Afeganistão, República Democrática do Congo, Republica Checa, Chile, Gana e Chipre anunciaram as primeiras mortes ligadas ao novo coronavírus em seu território.

A Faixa de Gaza, Timor Leste, Uganda, Eritreia e Moçambique diagnosticaram seus primeiros casos.

No domingo, às 19H00 GMT, e desde o início da epidemia, a Europa registrou 163.411 infecções (8.692 mortes), Ásia, 96.749 (3.482), Estados Unidos e Canadá, 32.387 (409), Oriente Médio, 24.975 (1.714), América Latina e Caribe 4.001 (49), Oceania 1.417 (7) e África 1.351 (43).

Esse balanço foi feito usando dados de autoridades nacionais coletadas pelos escritórios da AFP e com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Agência de notícias francesa, uma das maiores do mundo. Fundada em 1835, como Agência Havas.

Compartilhar postagem