Saúde

Imperial College: Covid-19 no Brasil segue fora de controle

Segundo o levantamento britânico, a taxa de transmissão da doença no País é de 1,03: 100 pessoas contaminadas infectam outras 103

O centro de São Paulo no início de janeiro de 2021. Foto: Paulo Pinto/Fotos Publicas
O centro de São Paulo no início de janeiro de 2021. Foto: Paulo Pinto/Fotos Publicas
Apoie Siga-nos no

A propagação do novo coronavírus no Brasil continua fora de controle, conforme monitoramento semanal do Imperial College, de Londres. A atualização divulgada nesta terça-feira 2 aponta que a taxa de transmissão (Rt) é de 1,03 – ou seja, 100 pessoas contaminadas infectam outras 103.

Quando o Rt está acima de um, indica que a doença está fora de controle. Na semana passada, a taxa estava em 1,08, o que representa uma leve oscilação para baixo nesta terça. Pela margem de erro, a taxa de transmissão pode variar entre 0,94 e 1,11.

Ainda de acordo com o Imperial College, a projeção é de que o Brasil contabilize 7.530 mortes por Covid-19 até a semana que vem.

O Rt brasileiro é maior que o do Reino Unido (1,02) e o da África do Sul (0,93), países que também sofrem com a disseminação de novas cepas do coronavírus. Portugal, que passa por um momento delicado no enfrentamento à pandemia, apresenta uma taxa de 1,19.

Segundo o Conselho Nacional de Secretários de Saúde, o Brasil registra 225.099 mortes por Covid-19 desde o início da pandemia. O total de infectados chega a 9.229.322. De acordo com o mais recente boletim, divulgado na noite da segunda-feira 1, a média móvel de mortes nos últimos sete dias é de 1.062; a de casos, de 51.133.

Redação Projeto Brasil

Redação Projeto Brasil

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.