Saúde

Covid-19: RS entra em ‘bandeira vermelha’ e governador admite 2ª onda

Eduardo Leite publica vídeo em que pede ‘reponsabilidade para que evitemos o agravamento dessa situação’

Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter
Apoie Siga-nos no

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), informou nesta sexta-feira 27 que todo o estado regrediu à fase de “bandeira vermelha” no Modelo de Distanciamento Controlado em vigor desde o princípio da pandemia do novo coronavírus.

É a primeira vez em 30 semanas que todas as 21 regiões do estado estão em bandeira vermelha.

Em vídeo publicado nas redes sociais, Leite classificou o contexto atual de “momento difícil” e admitiu que o Rio Grande do Sul vive uma “segunda onda” da Covid-19.

“É um alerta que se apresenta no nosso estado, na mesma direção do que está acontecendo em outros estados. Estamos de fato vivendo uma segunda onda de coronavírus aqui no Rio Grande do Sul e também em outras regiões”, disse o governador.

“Vamos trabalhar para afetar o menos possível nossa economia, reconhecendo a importância de a economia continuar girando, mas também chamando todos à responsabilidade para que evitemos o agravamento dessa situação”, afirmou ainda.

Entre 30 de outubro e 26 de novembro, o Rio Grande do Sul registrou aumento de 26% no número de hospitalizações por Covid-19 e de 30% em internações em UTI por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Também nesse período, as mortes causadas pelo novo coronavírus subiram 31%.

Assista ao vídeo de Eduardo Leite:

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.