Casos de coronavírus no País somam 370, segundo secretarias de saúde

O País teve a primeira morte em decorrência do coronavírus confirmada na terça-feira; São Paulo confirmou mais dois óbitos nesta quarta

Saúde

As secretarias de saúde do País fizeram nova atualização sobre os casos de coronavírus confirmados no País, são 370 com ocorrências em 18 estados e no Distrito Federal. A conta ainda não é seguida pelo Ministério da Saúde que contabilizou 291 casos em seu último balanço.

O País também teve a sua primeira morte confirmada na terça-feira 17. O paciente, um senhor de 62 anos, estava internado em estado grave, em São Paulo. Depois do caso, outras mortes ocorreram no País, mas ainda são suspeitas, pelos pacientes terem sintomas do coronavírus, mas diagnóstico não confirmado.

Ainda de acordo com o último balanço do Ministério, os casos suspeitos no Brasil tiveram alta de 350% em apenas 24h. Já são contabilizados quase nove mil casos suspeitos no País. Na segunda-feira 16, a informação do Ministério da Saúde era de 2.064 suspeitos.

O governo federal solicitará ao Congresso Nacional que aprove o reconhecimento de estado de calamidade pública no país, com efeito até 31 de dezembro deste ano. A medida, prevista no Artigo 65 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), dispensa a União do cumprimento da meta de resultado fiscal prevista para este ano, que é de déficit primário de R$ 124,1 bilhões. O estado de calamidade pública também suspende obrigações de redução de despesa com pessoal quando este gasto ultrapassa os limites previstos na própria lei.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem