Butantan cria a ‘Butanvac’, vacina brasileira contra a Covid-19

O Instituto vai pedir autorização à Anvisa nesta sexta-feira 26 pra iniciar testes em humanos

Butantan cria a ‘Butanvac’, vacina brasileira contra a Covid-19

Saúde

O Instituto Butantan anunciou nesta sexta-feira 26 a criação de uma nova vacina, 100% nacional, contra a Covid-19. O objetivo, segundo o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), é ter 40 milhões de doses prontas até o fim deste ano.

 

 

O Butantan pedirá autorização à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já nesta sexta para iniciar os ensaios clínicos em humanos.

O presidente do instituto, Dimas Covas, afirmou em coletiva de imprensa que a vacina pode começar a ser aplicada já no segundo semestre deste ano, se os testes forem aprovados com urgência pela Anvisa.

O imunizante, chamado de “Butanvac”,  foi desenvolvido pelo instituto, que lidera um consórcio internacional do qual ele é o principal produtor – 85% da capacidade total de fornecimento da vacina, se tudo ocorrer como previsto, sairá do órgão do governo paulista.

A Butanvac já passou pelos testes pré-clínicos, nos quais são avaliados em animais efeitos positivos e toxicidade. O imunizante também será testado nos dois outros países participantes do consórcio, Vietnã e Tailândia – neste último, a fase 1 já começou.

O Butantan é o maior produtor de vacinas do País e já fornece a Coronavac, produzida em conjunto com a farmacêutica chinesa Sinovac.

O Instituto conduziu a testagem do imunizante no Brasil e é o responsável pelo envase do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), importado da China.

O desenvolvimento da Butanvac em nada altera o cronograma de vacinação da Coronavac.

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem