Brasil confirma mais 1.635 mortes e 54,5 mil novos casos de Covid-19

O total de óbitos desde o início da pandemia chegou a 523.587

Cemitério em Manaus acumula óbitos por Covid-19. Foto: MICHAEL DANTAS/AFP

Cemitério em Manaus acumula óbitos por Covid-19. Foto: MICHAEL DANTAS/AFP

Saúde

O Brasil confirmou mais 54.556 novos casos da Covid-19, totalizando 18.742.025 pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde fevereiro de 2020, quando o primeiro caso da doença foi confirmado no país.

Segundo o mais recente boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, também foram registradas 1.635 mortes em decorrência de complicações causadas pelo vírus. Com isso, o total de óbitos desde o início da pandemia chegou, neste sábado 3, a 523.587.

 

 

Entre os casos já confirmados, 17.033.808 pacientes se recuperaram, o que representa 90,9% do total de pessoas que adoeceram. Outros 1.184.630 pacientes continuavam sob acompanhamento médico até as 17h30 deste sábado – o que representa 6% do total. Além disso, há 3.562 casos considerados suspeitos em investigação, à espera do resultado dos exames.

Estados

Entre os estados com maior número de mortes por covid-19, São Paulo segue em primeiro lugar em números absolutos, com 129.453 óbitos. Em seguida, ainda em número absolutos, vêm os estados do Rio de Janeiro, com 56.011 falecimentos; Minas Gerais (46.883); Rio Grande do Sul (31.686); Paraná (31.325) e Bahia (24.235).

As unidades da Federação com menor número de óbitos por covid-19 são o Acre (1.746); Roraima (1.756); Amapá (1.844); Tocantins (3.248) e Alagoas (5.399).

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Agência de notícias brasileira, pública e de acesso livre, gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Post Tags
Compartilhar postagem