100 mil mortes: No Twitter, Bolsonaro chega aos trending topics com #Bolsonaro100Mil

Políticos de oposição e usuários da rede social associaram as mortes ao presidente Jair Bolsonaro

Foto: EVARISTO SA / AFP

Foto: EVARISTO SA / AFP

Saúde

No dia que o Brasil atingiu a marca de 100 mil mortes por covid-19, as hashtags #Bolsonaro100Mil e #CemMileDaí chegaram aos assuntos mais comentandos no Twitter.

Neste sábado 8, de acordo com o consórcio de veículos de imprensa, o país alcançou os 100.240 óbitos e 2.988.796 casos de covid-19.

O Brasil é o segundo país em todo o mundo a atingir esse indicador: em maio, os Estados Unidos chegaram a mais de 100 mil mortos, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins.

Na rede social, políticos de oposição e usuários associaram as mortes ao presidente Jair Bolsonaro. Veja algumas reações.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem