Sônia Guajajara pode deixar o PSOL para se filiar ao PT

O historiador Douglas Belchior também foi sondado por lideranças petistas

Sonia Guajajara. Foto: Reprodução Mídia Ninja

Sonia Guajajara. Foto: Reprodução Mídia Ninja

Política

A líder indígena e candidata a vice na chapa de Guilherme Boulos em 2018, Sônia Guajajara (PSOL), tem convite do PT para se filiar ao partido. De acordo com interlocutores responsáveis por aproximá-la da legenda, o objetivo seria lançá-la a deputada federal pelo Maranhão – ela nasceu na Terra Indígena de Arariboia localizado no estado.

Há na sigla, no entanto, quem defenda que ela se candidate por São Paulo ou Rio de Janeiro.

Sônia não é a única liderança do PSOL que foi cortejada pelo partido do ex-presidente Lula. O historiador Douglas Belchior também foi sondado por lideranças petistas.

“Começamos as conversas e já foi feito um primeiro convite para a Sônia. Ela é uma líder muito importante”, disse um dirigente que ajudou na aproximação.

Na última quinta-feira 22, Sônia se reuniu com o ex-presidente Lula, com a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, e com outros dirigentes na sede do PT em São Paulo.

Procurada, Gleisi afirmou que nessa ocasião eles não falaram sobre filiação. “Eles vieram conversar com Lula sobre as pautas que representam, mas não de filiação, pelo menos por enquanto”, afirmou a CartaCapital. Oficialmente, o encontro ocorreu para discutirem a luta dos povos originários, uma vez que Sônia é coordenadora executiva da Articulação dos Povo Indígenas do Brasil (APIB).

Sônia informou, via assessoria de imprensa, que não comentaria o assunto.

 

 

Já Belchior, no dia 7 de julho, acompanhado da deputada federal Benedita da Silva, se reuniu com Lula, Gleisi,  Alexandre Padilha e Marco Aurélio Carvalho para falarem sobre o enfrentamento a Jair Bolsonaro, os atos que pedem o impeachment e saídas para as crises social, sanitária e econômica do País.

Belchior é uma liderança do movimento negro, fundador da Uneafro e membro da Coalizão Negra por Direitos. Em 2018, ele foi candidato a deputado federal pelo PSOL de São Paulo. CartaCapital tenta contato com ele para comentar a proposta.

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter da revista CartaCapital

Compartilhar postagem